[Cobertura] Contamos tudo sobre o Anime Friends 2017

Salve salve nerds!

No fim de semana dos dias 07 e 09 de julho, rolou em São Paulo mais uma edição do Anime Friends 2017.

AF03

Depois de ficar afastado pelo menos seis anos dos eventos de anime, a sensação de voltar foi melhor do que eu imaginava. Durante o hiato, acabei lendo muitas opiniões negativas sobre a estrutura do evento, das quais concordava justamente por ser o motivo do meu afastamento.

Organizado em local novo: no Transamerica Expo Center, localizado em Santo Amaro (Zona Sul) de São Paulo, o evento melhorou bastante, primeiramente, pela mudança de local. O Transamerica tem mais de um bloco com espaços bem grandes, com a possibilidade de até separar o palco principal para uma outra área espaçosa. Fora o fácil acesso para os carros desta vez.

Teve mais opções de lojas, mais conteúdo, ala exclusiva para os artistas independentes, contando com pelo menos quatro palcos com programações diversas (um verdadeiro pavilhão) e muitos cosplayers. Se aproveitar todos os dias é bem provável que as pessoas consigam ver tudo.

AF00

Caso contrário, separem a programação de acordo com seus níveis de conhecimento do artista e ansiedade. Esta é minha dica! A Namco Bandai Games marcou sua presença com demonstrações dos seus futuros lançamentos, sendo eles: Dragon Ball FighterZ, Gundam Versus e Ninu Kuni II. Graças ao crescimento do mercado, o Brasil é alvo de exclusividades deste nível. A maioria do que a empresa apresentou na E3 deste ano.

Vamos falar de música? Bruno Sutter como ele mesmo, sem estar em seu personagem (Detonator), fez sua homenagem ao público ao cantar diversas aberturas, algumas de suas paródias humorísticas e duas músicas autorais (“Grattitude” e “Best Singer in The World”). Confesso que desceu lágrimas quando ele cantou as aberturas de Dragon Ball. O carinho ficou explícito. Sensacional!

Sobre a Isis Vasconcellos, só declaro que a voz angelical dos vídeos do youtube tem qualidade ao vivo. Plateia um pouco tímida, mas como ela faz versões mais clean dos anime songs, são mais para relaxar mesmo. Um show perfeito para Do As Infinity como a atração J-pop principal do dia 7. Não tenho nem o que dizer, tocaram seus sucessos que compõem aberturas e encerramentos de séries de sucesso, como Inu Yasha, Fairy Tail e Naruto.

AF02

Sábado, dia 08, foi a vez do maestro Alexandre Felipe Gomes e a Banda Marcial de Cubatão com todo conhecimento orquestral e ele administrou uma apresentação de encher os olhos. Já é um conhecido de nossa cobertura na Jedicon. Sempre demonstrando carinho dizendo que os eventos ajudam a manter o grupo vivo.

Agora Asian Kung-fu Generation!! Praticamente, a primeira banda japonesa que comecei a curtir de verdade desde quando assisti a primeira versão de Fullmetal Alchemist em 2005. A sensação de ter um dos seus sonhos realizados, não tem preço. Muita alegria ao ver uma performance ao vivo das suas músicas preferidas.

No repertório, sucessos como Haruka Kanata (Naruto), Blood Circulator (Naruto Shippuden), After Dark (Bleach), Rewrite (FMA) e Re:Re: (Boku Dake ga Inai Machi) fecharam a convenção com chave de ouro. Cheguei a conclusão de que valeu a pena, de verdade, voltar a frequentar a festa. Ano que vem tem mais.

AF01

About the Author

Gui Benicio

Gamer apaixonado pelos jogos de luta e por Kingdom Hearts. Um grande entusiasta do cinema, quadrinhos e animes em geral.

Deixe uma resposta