[Cobertura] Fomos ao Def Leppard e Aerosmith no São Paulo Trip 2017

By Ana Paula Rocker

Aqui no Action Nerds tem resenha de show SIM!

Esta é minha experiência (de fã) nos shows de Def Leppard e Aerosmith que tocaram no Allianz Parque.

DefAero01

É engraçado que o povo, mais precisamente os roqueiros, critiquem tanto o “Rock in Rio”, pois apesar de não ser um festival de música apenas para amantes do rock’n’roll, é por conta deste evento que temos a oportunidade de ver bandas que não pisam em nossa terra tupiniquim há anos (ou nunca estiveram por aqui, como por exemplo a banda The Who).

Talvez pelo fato de não terem público suficiente para a realização de shows, e este é o caso da banda Def Leppard que esteve no Brasil há 20 anos no Rio de Janeiro e em São Paulo e foi um fiasco! Pense, eu com meus 10 aninhos já curtia hard rock, já era apaixonada pelo Aerosmith, mas nem sonhava ainda com Def Leppard (tem uns 10 anos que eu acompanho a carreira deles).

Como é que eu iria no show dos caras sem uma companhia responsável? Meus pais nunca curtiram este estilo de música. Enfim, era para eles terem se apresentado no Rock in Rio de 1985, o que não ocorreu por conta do atraso nas gravações do álbum “Hysteria” (principal motivo do cancelamento) e consequentemente o acidente trágico envolvendo o baterista Rick Allen que fatalmente perdeu o seu braço esquerdo.

DefAero02

A quem interessar conhecer um pouco mais sobre a banda, assista ao filme “Hysteria – The Def Leppard Store”. Chega de blá blá blá e vamos ao que interessa. Para a alegria dos fãs, algumas das bandas que se apresentaram no Rock in Rio aproveitaram a oportunidade e fizeram uma tour passando por algumas cidades do país.

Em São Paulo, tivemos o festival São Paulo Trip 2017 onde eu pude realizar o meu sonho. Cheguei bem cedo e consegui ficar bem pertinho deles, pelo menos durante o show do Def, o do Aero eu preferi assistir tranquilamente no fundo da pista premium, sem empurra-empurra e “fãs” histéricas ao redor. Agora aquele momento desabado:

Me senti péssima durante o show do Def Leppard e pude compreender o motivo pelo qual os caras não fazem mais shows por aqui, durante toda apresentação vi várias pessoas na grade ignorando-os, mexendo no celular e afins. Poxa vida né, não conhece, beleza, mas tente curtir mesmo assim, dê uma moral pra banda, bata palmas, agite .. qualquer coisa!

DefAero04

Bem triste esta situação, o que importa são os verdadeiros fãs retribuíram à altura e foi um mega show! Joe Elliott (vocalista) se doou bem mais do que na apresentação do Rock in Rio, pelo menos ao meu ver, o Rick Allen com seu solo de bateria pra deixar qualquer um arrepiado, o Vivian Campbell, p*** guitarrista com um histórico digno junto ao Dio.

O baixista Rick Savage muito carismático e o Phil Collen (meu Deus) melhor eu nem comentar se não vou apanhar em casa. Foi incrível poder ouvir clássicos como “Animal”, “Love Bites”, “Pour Some Sugar On Me”, “Rock of Ages”, “Photograph”, entre outros. Na minha humilde opinião, faltaram “Foolin” e “Women”, mas quem sou eu pra reclamar não é mesmo, quem sabe eles voltam, o que eu acho pouco provável, por hora, SONHO REALIZADO!

Agora vamos falar sobre o ícone Mr. Steven Tyler e companhia. O show do Aerosmith teve meia hora de atraso, o que não prejudicou nem um pouco, pode-se dizer, o espetáculo deles! Bom, eu sou suspeita pra falar, já que se trata de uma das minhas bandas favoritas e ainda bem que eu resolvi sair da grade, jamais que aguentaria os posers que só estavam lá para ouvir a famosa música tema do filme “Armageddon”.

DefAero05

Onde eu fiquei deu para aproveitar bem mais o show, uma visão melhor e geral do palco, som impecável e admirar a performance do Tyler pra ninguém colocar defeito! Melhor Frontman EVER! A banda toda sempre dando um show a parte, eles brincam muito entre si durante a execução das músicas e são extremamente atenciosos com os fãs! É o tipo de apresentação que te deixa com gostinho de quero mais.

Quando o show termina você diz “Ah não, acabou, não pode ser, passou muito rápido.” O Aerosmith sempre faz um setlist para agradar a todos os tipos de fãs, desde clássicos como “Sweet Emotion”, “Dream on” e “Mama Kin” e hits como “Cryin”, “Crazy” e “I Don’t Wanna Miss A Thing” que eu, particularmente, trocaria por “Janie’s Got a Gun” mas enfim, não tem mais o que falar deles, Steven Tyler ainda está cantando demais, chega a ser inacreditável o gogó desse homem!

Joe Perry solando com maestria as suas lindas guitarras, Tom Hamilton e Brad Whitford sempre muito sorridentes para com o público e Joey Kramer detonando na bateria apesar de aparentar um tanto quanto cansado, também não dá para exigir muito dos caras que estão na estrada desde a década de 70.

E por falar em saúde, infelizmente o Aerosmith não pode concluir a Tour South American por conta de um problema de saúde do Tyler logo após deixar o palco do São Paulo Trip 2017. Eles ainda passariam por Curitiba/PR (eu iria de novo com certeza), Chile, Argentina e México, mas pelo o que ando acompanhando ele está bem, sob cuidados médicos e em breve volta a ativa!! Turnê de despedida?! JAMAIS!

DefAero03

Fotos por: Facebook Allianz Parque

About the Author

Leo Luz

Jornalista, fotógrafo e admirador de cultura japonesa. Gosta de jogos, mas sua paixão são as HQs. E os livros. E filmes.

Deixe uma resposta