[Cobertura] Nossas impressões da CCXP 2017 epicamente épica!

Olá olá Nerds!

Esperamos o ano inteiro para dizer que a CCXP 2017 foi estupidamente ÉPICA!

CCXP01

Claro que o slogan deles é exatamente esse, mas a experiência de andar pelos pavilhões da SP Expo foi extremamente agradável para os colaboradores e amigos do AN. Reunimos nossas vivências (com e sem cosplay) e entregamos o que gostamos e não gostamos do maior evento de cultura nerd do Brasil.

Renan: A CCXP 2017 foi a minha primeira experiência de muitas! Foi simplesmente épico, eu realmente vivenciei coisas novas e incríveis nesse dia. O evento estava fantástico e as pessoas também, todo mundo super feliz e em outro mundo. Todos realmente vivendo aquele ambiente único que só aquele evento oferece!

Ka Finati: Só uma palavra, épico! Muitas coisas pra se ver, muitos cosplayers pra se fotografar, muito amor pra compartilhar! Mas muitas filas também! Foi um dia incrível, com uma multidão que divide do mesmo ‘orgulho nerd’. E ver o Will Smith, foi pra coroar um evento sensacional!

CCXP02

Gu Valente: Épico de fato! Estandes bonitos com destaque para a Marvel, seus uniformes e o formato do Pantera Negra estava muito da hora. Star Wars estava bacana, mas poderia oferecer mais. Iron Studios foi destaque positivo com a exposição do Jurassic Park, tanto a miniatura quanto o T-Rex tamanho natural. CCXP 2017 estava bem organizada, com tempo de espera normal para entrar no local, nada que atrapalhou a experiencia.

Praça de alimentação muito bem organizada e comemos rápido, mas o ponto negativo: as filas para entrar nas atrações da Warner, Sony e Fox, por exemplo, estava horríveis com 3h de espera; mesma coisa para as lojas do Harry Potter (5 horas) e Riachuelo – as mais concorridas. Fiquei sabendo que o estoque dos colecionáveis acabou antes do domingo; isso poderia ser melhor trabalhado. Saldo final bem positivo, tudo bonito e Will Smith bem pertinho, um ídolo da nossa infância. Ansioso pelo próximo!

Kell: Sem sombra de dúvidas, o melhor até agora. Mesmo estando com cosplay, consegui aproveitar muito o evento. Fui apenas para curtir com os amigos, tirar fotos, rever pessoas queridas e não necessariamente para comprar. E consegui concluir esse objetivo com sucesso! O evento estava épico, tirando a parte das filas, claro.

O espaço estava melhor, tudo muito bem organizado, os banheiros limpos e a disposição dos food trucks e espaços de comida bons. Sem contar que o Artist’s Alley estava sensacional! Meu único porém, foi colocar a esfera de vidro do Omelete, logo num lugar perto de estandes grandes, com muita movimentação. Ao trazer artistas para lá, se aglomeravam centenas de pessoas em volta e ficava impossível passar pelo lugar. Mas fora isso, o evento foi como eu já esperava: ÉPICO!

CCXP04

Fabi Zambeli: O que torna o evento mais épico são as pessoas. Tudo estava incrível para um evento desse porte – com suas respectivas falhas – porém o clima deixa as pessoas no hype e transforma tudo. Todos estão no mesmo espírito de diversão para compartilhar o mesmo universo. É algo incrível de se estimular nas pessoas e é bom você ir em evento assim e sentir uma energia tão boa.

Algo ruim que brasileiros e o mundo inteiro vai sofrer são as filas. É muita fila para você curtir atrações, estandes e as experiências que a CCXP tenta de oferecer acaba perdendo um pouco da magia por causa das filas e dos horários que eles agendam. Eu vi estande encerrando as filas 30 minutos antes do evento terminar de vez e as pessoas que passaram o dia ali não conseguiram entrar para ver as atrações, isso precisa melhorar.

Uma amiga nossa desistiu de esperar porque estava 5 horas de fila para entrar no estande de Harry Potter. É problema do estande (eu sei), mas a organização poderia tentar otimizar a experiência, com atrações durante a espera. Aproveitei sim o evento por conta das pessoas que transformam o evento em algo épico. Cosplayers fantásticos, estandes lindos e maravilhosos (mesmo eu não participando), eu via as pessoas se divertindo neles e vi muitas crianças e pais acompanhando-os.

CCXP05

Leo: Para mim, CCXP quer dizer quadrinhos, então minha ideia era aproveitar ao máximo as atrações no Beco dos Artistas. Meu saldo para isso foram 11 títulos de HQs comprados e muitos outros na mente. Bater papo com autores independentes foi épico para mim – muito deles já conhecidos – e rever amigos expondo seus trabalhos dá um orgulho de ver e apoiar.

Dias antes me programei, fiz minha listinha de presentes – alguns comprados via Catarse – e dediquei parte do 13º salário para a compras dos quadrinhos. Isso incentiva as vendas do autor e dá visibilidade para o trabalho dele, até porque, ele está no evento exatamente para isso. E só HQs, marcadores de páginas, rascunhos, cartazes e mais.

Já sabia das filas enormes, que não eu iria entrar nos estandes, então andei pelo Beco dos Artistas garimpando títulos, estandes menores sem a preocupação de conferir de perto cada detalhes e no fim me diverti ainda mais na excelente companhia dos amigos cosplayers – éramos 9 loucos se divertindo como se fosse uma caravana. Ou então, um Esquadrão =D

CCXP03

About the Author

Leo Luz

Jornalista, fotógrafo e admirador de cultura japonesa. Gosta de jogos, mas sua paixão são as HQs. E os livros. E filmes.

Deixe uma resposta